sábado, 10 de novembro de 2012

Como viver para ser feliz? O que disseram os sábios gregos? - Platão





Comecemos por Platão.

Diferente do grego antigo, o filósofo Platão pensa a felicidade como algo que o ser humano pode conquistar de forma estável, independente da vontade divina. Para o filósofo de Atenas, a pessoa feliz é aquela que alcançou a ideia suprema de bem, tornando-a capaz de abandonar as ilusões dos sentidos, das coisas materiais e terrenas e passa a dedicar-se ao conhecimento verdadeiro, provindo do mundo das ideias. Para isso, será imprescindível primar pela alma racional para manter sobre controle a alma irascível e vigilante quanto à alma concupiscente; as duas últimas seriam as responsáveis pelas paixões e pelos desejos ditos carnais. O ser humano feliz é aquele que tornou capaz de manter em harmonia as três almas.
Platão propõe o uso da ginástica e da dialética para manter a harmonia entre as almas, pois, a prática de atividades físicas leva a pessoa a dominar as inclinações negativas do corpo provocadas pela alma concupiscente; e o diálogo leva a pessoa a pensar, questionar, e assim, ascender progressivamente para os conceitos verdadeiros. Deste modo, a felicidade para Platão, é o resultado de uma vida dedicada ao conhecimento que leva a pessoa a alcançar a ideia do bem supremo.

2 comentários:

  1. Gostei muito do texto,ele foi bem elaborado!

    ResponderExcluir
  2. gostei muito esse texto e ótimo amei

    ResponderExcluir