domingo, 18 de novembro de 2012

Como viver para ser feliz? O que disseram os sábios gregos? - Aristóteles



Assim como Platão, Aristóteles acredita que o intelecto tem um papel fundamental na condução de uma vida feliz. No entanto, ele coloca os bens humanos, terrenos e materiais como sendo importantes para alcançar a felicidade.
Segundo o filósofo de Estagira, o ser só pode ser feliz quando cumpre a sua função que lhe é própria, ou seja, quando vive de acordo com sua virtude. E a virtude do ser humano, para Aristóteles, consiste no pensar; assim, a atividade racional é a essência do homem. Deste modo, o ser humano só poderá ser feliz se atuar conforme a sua virtude, conforme a razão.
Contudo, somente ter a virtude não basta, é preciso praticá-la em toda a vida. Aristóteles defende ainda que não se pode abandonar a família, os amigos, a riqueza e o poder, pois esses elementos levam ao prazer, ao bem-estar material e a paz social, necessários para uma vida contemplativa; ou seja, ao dedicar a uma vida racional não quer dizer que é necessário abandonar os bens materiais e humanos.
Mas, ao lado do gozo dos bens materiais, Aristóteles defende também o exercício de outras virtudes que precisam ser praticadas pelo ser humano para viver de forma feliz; a generosidade, a coragem, a cortesia e a justiça precisam ser vividas para se alcançar a felicidade completa.
Conclui-se que, para Aristóteles, além do exercício constante de uma vida teórica, é necessário também, praticar outras virtudes humanas, sustentadas pelo bem-estar material e social.

Nenhum comentário:

Postar um comentário